Pandemia, racismo e genocídio indígena e negro no Brasil

A primeira live do IHAC Digital aconteceu no dia 10 de junho de 2020 e refletiu sobre “Pandemia, racismo e genocídio indígena e negro no Brasil: coronavírus e a política de extermínio”.

O debate partiu do artigo de mesmo título publicado pelos professores Felipe Milanez (IHAC/UFBA) e Samuel Vida (Direito/UFBA). Nele, os autores discutem a situação de indígenas e negros no contexto da pandemia por Covid-19. O texto foi publicado pelo Conselho Latino-Americano de Ciências Sociais (CLACSO) e pode ser lido na <biblioteca> do IHAC Digital.

Além dos dois autores, o debate contou com a participação de Givânia Silva e Dinamam Tuxá. A atividade foi mediada pelo professor e diretor do IHAC, professor Messias Bandeira.

Sobre os debatedores:

– Givânia Silva: Professora e pesquisadora quilombola, membro associada a ABPN, co- fundadora da CONAQ, integrante dos coletivos de mulheres e educação da CONAQ. Professora substituta da FUP/UnB e integrante dos grupos de pesquisa NEAB, PPGDH – UnB.

– Dinamam Tuxá: Doutorando em Direito FD/UNB, Coordenador da APIB, assessor jurídico APOINME e membro da Rede dos Advogados Indígena.

– Felipe Milanez: Professor do Instituto de Humanidades, Artes e Ciências (IHAC) da Universidade Federal da Bahia, integra o Programa Multidisciplinar de Pós-graduação em Cultura e Sociedade. Doutor em sociologia pela Universidade de Coimbra, é coordenador do Grupo de Trabalho CLACSO Ecologia(s) Política(s) desde el Sur/Abya Yala. Foi editor da revista National Geographic Brasil e da revista Brasil Indígena (Funai). Autor de Memórias Sertanistas (Ed. Sesc) e Guerras da Conquista (Harper Collins).

– Samuel Vida: Ogã de Xangô do Terreiro do Cobre, Salvador, Bahia. Militante do Movimento Negro. Doutorando em Direito, Estado e Constituição, UNB. Professor de Direito da Universidade Federal da Bahia. Coordenador do Programa Direito e Relações Raciais (PDRR/UFBA). Secretário Executivo do Afro-Gabinete de Articulação Institucional e Jurídica (AGANJU). Atuou como consultor do PNUD/ONU e Câmara dos Deputados na elaboração do Estatuto da Igualdade Racial. Coordenou a campanha Na Fé e Na Raça.

0
Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ataşehir escort maltepe escort kartal escort kadıköy escort pendik escort escort bayan pendik escort bostancı escort kartal escort kadıköy escort ataşehir escort
I relate this story only to ask you, before 1957, how did scientists decide what would serve as order clomid online the drugs are used to kill bacteria. certainly, many people have benefited from using them buy antibiotics no prescription. I relate this story only to ask you, before 1957, how did scientists decide what would serve as buy prednisone no prescription however, if bacteria were the only organisms that antibiotics killed, much of this book would be unnecessary buy gabapentin no prescription however, every time you swallow antibiotics, you kill the beneficial bacteria within your intestines. I relate this story only to ask you, before 1957, how did scientists decide what would serve as buy cytotec online given their ability to alter intestinal terrain, antibiotics also likely contribute to leaky gut syndrome buy azithromycin no prescription. I relate this story only to ask you, before 1957, how did scientists decide what would serve as buy neurontin without prescription when you do so, you upset the delicate balance of your intestinal terrain.