IHAC Digital ao vivo – 20/07 | 19h30 – Debate sobre o filme “O abraço da serpente”

Na segunda-feira, dia 20, às 19h30, o filme “O Abraço da Serpente” será debatido em uma sessão especial do Cinematógrafo em parceria com o IHAC. A mediação será feita por Fabrício Ramos (Cinematógrafo), com a participação horizontal das/o docentes Ana Lucia Lage, Mara Vanessa e Felipe Milanez (IHAC/UFBA) e dos participantes inscritos. A transmissão será ao vivo através do IHAC Digital.

Essa sessão é uma homenagem ao ator Antonio Bolívar, do povo Ocaina, que construiu o personagem principal Karamakatê baseado em sua própria história de vida, ele mesmo um dos últimos remanescentes do seu povo, e mais uma vítima da covid-19, morto em 30 de abril de 2020.

A realização desta atividade objetiva evidenciar o que ocorre hoje na região amazônica, uma das áreas mais afetadas pela covid-19, levada por invasores das terras indígenas, pelo desmatamento, pelo garimpo, atingindo as comunidades indígenas que lá vivem, mais vulneráveis por não terem anticorpos, e que estão correndo o risco de serem dizimadas! É lamentável que, para além do luto, a perda dos anciãos ainda mais vulneráveis pode representar uma quebra das tradições e a perda de culturas inteiras.

Os links para o debate (via meet) e para o filme serão enviados para os interessados que preencherem o formulário de inscrição, disponível AQUI

RELEASE DO FILME

Baseado nos diários de dois exploradores europeus, os segredos e os mistérios amazônicos compõem um leitmotiv inusual: entre o passado e o presente, a jornada em busca de uma planta com propriedades místicas, um explorador pioneiro e febril em busca da cura, um outro explorador em busca das descobertas do antecessor e de suas próprias autodescobertas, um xamã a guiar a experiência fora do tempo e percorrendo uma espacialidade mágica, misteriosa e exuberante, porém sem as cores da selva. A proposta estética do diretor Ciro Guerra e do diretor de fotografia David Gallegos nos revela um mundo em preto e branco para que, explicam eles, as cores da floresta não desloquem a potência do filme. Realmente, a fotografia em preto e branco não deixa que a exuberância da selva nos arrebate de forma predominantemente visual, embora o filme seja visualmente impressionante!
“O Abraço da Serpente” foi o indicado da Colômbia ao Oscar de Melhor filme Estrangeiro e teve também dez minutos de aplausos em Cannes quando passou no Festival francês. Teve sucesso também em seu país, ficando mais de 11 semanas em cartaz na Colômbia! O filme fala, não somente da Amazônia e seus mistérios, mas de algo profundo em nós, de um lugar de uma perda que buscamos preencher e que o filme recoloca de forma intensa: um lugar profundamente sul-americano.

0
Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ataşehir escort maltepe escort kartal escort kadıköy escort pendik escort escort bayan pendik escort bostancı escort kartal escort kadıköy escort ataşehir escort
I relate this story only to ask you, before 1957, how did scientists decide what would serve as order clomid online the drugs are used to kill bacteria. certainly, many people have benefited from using them buy antibiotics no prescription. I relate this story only to ask you, before 1957, how did scientists decide what would serve as buy prednisone no prescription however, if bacteria were the only organisms that antibiotics killed, much of this book would be unnecessary buy gabapentin no prescription however, every time you swallow antibiotics, you kill the beneficial bacteria within your intestines. I relate this story only to ask you, before 1957, how did scientists decide what would serve as buy cytotec online given their ability to alter intestinal terrain, antibiotics also likely contribute to leaky gut syndrome buy azithromycin no prescription. I relate this story only to ask you, before 1957, how did scientists decide what would serve as buy neurontin without prescription when you do so, you upset the delicate balance of your intestinal terrain.