[IHAC no Congresso da UFBA] Tecnologias digitais no ensino superior, entre desafios e oportunidades

Participantes: Luiz Márcio Santos Farias, Eliane Santana de Souza Oliveira, Osnildo Andrade Carvalho, Celso Eduardo Brito, Afonso Henriques

Passando  pelo Plano “Internet para Todos”, novas tecnologias de informação e comunicação (NTIC), TIC,  tecnologias de informação e comunicação à serviço da educação TICTE e finalmente digital, esta evolução semântica que temos testemunhado desde os anos 80 é sintomática da influência progressiva destas tecnologias em nossa sociedade. Hoje, falamos de tecnologia digital com um significado muito mais global, que inclui práticas sociais, infra-estruturas, suportes, conteúdos, modos de transmissão, usos educacionais, etc. Mas esta evolução também anuncia mudanças organizacionais (no trabalho, nos serviços, etc.) e práticas pedagógicas.

  • Além do discurso tecnófilo ou tecnófobo, desde a década de 1980, questiona-se o real impacto da tecnologia sobre a qualidade do ensino e da aprendizagem. 
  • Como as ferramentas digitais podem ajudar a desenvolver as competências – necessárias  -na era digital e responder a uma demanda( rupture com o ensino tradicional, que não responde à crescente diversidade dos alunos), que inside sobre a inovação das práticas de ensino através da tecnologia digital e a formação inicial e em serviço dos professores. 
  • Oportunidades de colaboração, interação, produção, da criatividade e individualização oferecidas pela tecnologia digital parecem ter um impacto positivo no ensino. Mas para que o aprendizado seja mais eficaz, precisamos mudar as práticas. Como você faz isso?
0
Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.