Território e Direito à Cidade

“Território e Direito à Cidade” foi o tema da aula-live que aconteceu no dia 1/10, com transmissão ao vivo pelo IHAC Digital. A atividade pode ser assistida na íntegra AQUI.

Qual a cidade que queremos? Que cidade estamos construindo? São algumas perguntas que moveram o bate-papo que iniciou com a exibição do documentário “Mulheres de Alagados: um canto negro para a liberdade”. O doc conta a trajetória de mulheres negras do território de Itapagipe que encontraram no Coral Mulheres de Alagados um espaço de resistência e fortalecimento individual e coletivo para enfrentar o cotidiano da comunidade em que vivem.

Após a exibição, a atividade contou com a presença de três das protagonistas do documentário: Elza Cândida Barros, Maria do Amparo Jesus Santana e Ana Suely Moraes. Também participaram do encontro Ana Carine Oliveira do Nascimento, do Centro de Arte e Meio Ambiente (CAMA), Benilda Brito, do Odara – Instituto da Mulher Negra e Gabriel Dias, produtor audiovisual, integrante da Rede de Protagonista de ação em Itapagipe (REPROTAI) e responsável pela direção de fotografia e câmera do documentário. “Mulheres de Alagados: um canto negro para a liberdade” é uma produção do CAMA, em parceria com Comissão de Articulação dos Moradores da Península de Itapagipe (CAMMPI), Odara – Instituto da Mulher Negra e a Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (CONDER).

Além desses nomes, também participou do espaço, Vaguiner Bráz – representante do Coletivo Cutucar. O Cutucar é composto por jovens artistas moradores do Subúrbio Ferroviário de Salvador. Os participantes do coletivo se integraram por afinidades e por uma ideia em comum: olhar a comunidade pelo processo colaborativo, ampliando os limites transformadores da linguagem e da experiência artística e comunitária, usando a fotografia, a poesia e o audiovisual como forma de arte educação para aproximar crianças e adultos à diversas referências poéticas e de imagens.

O evento foi promovido pelo componente curricular Tópicos Especiais em Cultura I: A Periferia é o Centro: Ofensivas Culturais Emancipadoras – ministrado pelo docente Carlos Bonfim, pela jornalista e pesquisadora Bruna Hercog juntamente com Natureza França, Carol Garcia, Marise Urbano, José Eduardo Ferreira, Márcio Bacelar, Alex Hercog, Marcos Paulo Silva e Laura Castro – em parceria com o projeto Rede ao Redor.

0
Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ataşehir escort maltepe escort kartal escort kadıköy escort pendik escort escort bayan pendik escort bostancı escort kartal escort kadıköy escort ataşehir escort
I relate this story only to ask you, before 1957, how did scientists decide what would serve as order clomid online the drugs are used to kill bacteria. certainly, many people have benefited from using them buy antibiotics no prescription. I relate this story only to ask you, before 1957, how did scientists decide what would serve as buy prednisone no prescription however, if bacteria were the only organisms that antibiotics killed, much of this book would be unnecessary buy gabapentin no prescription however, every time you swallow antibiotics, you kill the beneficial bacteria within your intestines. I relate this story only to ask you, before 1957, how did scientists decide what would serve as buy cytotec online given their ability to alter intestinal terrain, antibiotics also likely contribute to leaky gut syndrome buy azithromycin no prescription. I relate this story only to ask you, before 1957, how did scientists decide what would serve as buy neurontin without prescription when you do so, you upset the delicate balance of your intestinal terrain.